Fandom

Wiki AIA 13-17

Células do Sistema Imunológico

333 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários0 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Editora: Beatriz Cernescu

Colaboradores: Ana Carolina Simoneti e Ana Laura Milhazes

LeucócitosEditar

Também conhecidos por glóbulos brancos, os leucócitos são um grupo de células diferenciadas a partir de células pluripotentes da medula óssea (todas as células sanguíneas são derivadas de uma única célula-tronco da medula. As diferentes fases de amadurecimento pelas quais essas células passam é o que as diferenciam uma das outras).

Os leucócitos são células incolores presentes no sangue, que têm papel fundamental no mecanismo de defesa do organismo (essenciais para a resposta imune adequada). Como peculiaridade destaca-se o fato de serem as únicas células nucleadas no sangue dos mamíferos. Os valores ideais dessas

Neutrofilo.jpg

Neutrófilo - Fonte: http://www.infoescola.com/citologia/neutrofilos/

células no organismo adulto estão entre 5000 a 10.000 células/mm³.

Como representantes dos leucócitos temos as células granulocíticas ou polimorfonucleadas:

NeutrófilosEditar

Células exclusivamente sanguíneas que, quando estimuladas por sinais quimiotáticos, realizam diapedese para exercerem sua ação. Passam por seis fases de maturação (célula-tronco/ pró-mielócito/ mielócito/ meta-mielócito/ bastonete/ segmentar).  As formas segmentares são as amadurecidas, e as que vão da medula para o sangue. Caso haja células jovens na corrente sanguínea, pode-se dizer que há um Desvio a Esquerda. A medula está lançando células imaturas na corrente sanguínea, o que é um indicativo de fase aguda do processo.

A atividade fagocitária leva à produção de radicais livres, o que acaba por destruir a própria célula. Em caso de inflamações recorrentes, esse mecanismo pode provocar o envelhecimento precoce dos órgãos. Apesar disso, o neutrófilo está envolvido também na reorganização tecidual. A cada 6 horas, o contingente de neutrófilos sanguíneo é renovado.

Alteração do número de neutrófilos:

-Neutrofilia: aumento do número de neutrófilos circulantes. Pode ser um indicativo de infecções piogênicas, infecções viróticas, neoplasias,...

-Neutropenia: redução do número de neutrófilos circulantes. Pode ser um indicativo, principalmente, de distúrbios da medula óssea e uso de alguns medicamentos.


EosinófilosEditar

Células tipicamente sanguíneas que vão para o tecido combater parasitas de grande porte. Sua ação se dá pela mobilização das vesículas até a superfície da célula, que posteriormente exocita o

Eosinofilo.jpg

Eosinófilo - Fonte: http://www.medicinageriatrica.com.br/2008/12/09/eosinofilo/

conteúdo dos seus grânulos intracitoplasmáticos nas proximidades do alvo, sem que haja rompimento de sua membrana. Desse modo, o parasita é “dissolvido” e não fagocitadolteração do número de eosinófilos:

-Eosinofilia: aumento do número de eosinófilos circulantes. Pode ser um indicativo de infecções parasitárias, processos alérgicos e fase de cura de infecções agudas.

-Eosinopenia: redução do número de eosinófilos circulantes. É um indicativo de estados tóxicos (coma diabético, uremia,...), esforço físico atenuante,...



Basófilos Editar

Células circulantes, funcionalmente semelhantes aos mastócitos, porém estes se encontram presentes nos tecidos de maneira geral, ou próximos aos vasos sanguíneos. Contêm diversos mediadores em seu interior que produzem a inflamação nos tecidos, quando liberados mediante ativação das células. Têm importante papel também no mecanismo de processos alérgicos . Possuem grânulos com substâncias vasoativas em seu interior (ex.: histamina e bradicinina), tendo assim uma contribuição pró-inflamatória.

 

Basofilo.jpg

Basófilo - Fonte: http://saudavelfeliz.blogspot.com.br/2010/06/criando-8.html

Alteração do número de basófilos:

-Basofilia: aumento do número de basófilos circulantes. Situação rara, encontrada apenas em problemas medulares (ex: leucemia mielóide crônica).

-Basopenia: diminuição do número de basófilos circulantes. Ocorre em doenças endócrinas (ex: Síndrome de Cushing, hipertireoidismo) e tratamento com anticoagulantes.

Monócitos Editar

Células sanguíneas funcionalmente semelhantes aos macrófagos, porém estes são células teciduais. São as primeiras células a serem mobilizadas numa reação (combatem inicialmente o patógeno. Posteriormente é que há mobilização dos neutrófilos).  Desempenham as seguintes funções: Fagocitose; Ativação do processo inflamatório, através das citocinas (sinais pró-inflamatórios),como por exemplo interleucina 1, 6 e 8, e fator de necrose tumoral α; Ativação de linfócitos T e Ativação da Regeneração celular.

Monocito.jpg

Monócito - Fonte: http://biologianolaboratorio.wordpress.com/tag/monocitos/

Alteração do número de monócitos:

-Monocitose: aumento do número de monócitos circulantes. É um indicativo de infecções por protozoários, fase defensiva das infecções agudas,...

-Monocitopenia: diminuição do número de monócitos circulantes. Pode indicar fase aguda dos processos infecciosos, desnutrição,...

Obs: Neutrófilos, Eosinófilos, Basófilos e Monócitos são componentes da nossa imunidade NATURAL.

 

Além dos representantes granulocíticos ou polimorfonucleares temos também os elementos linfóides, que são caracterizados pelos LINFÓCITOS.

 

 

Linfócitos Editar

São células que fazem parte da nossa imunidade ADQUIRIDA. São produzidas na medula óssea e, de acordo com o local de seu amadurecimento, dividem-se em Linfócitos T (amadurecem no timo) e Linfócitos B (amadurecem na própria medula). Esse processo de maturação, que dura em média 4-5 anos, consiste no Reconhecimento do “Self”, ou seja, os linfócitos vão passar a reconhecer as proteínas próprias do nosso organismo. Caso esse reconhecimento não seja satisfatório, pode haver o desencadeamento de doenças auto-imunes.

 

Linfócitos.jpg

Lnfócitos - Fonte: http://www.medicinageriatrica.com.br/tag/linfocitos-t-supressores-cd8/

Dentro do linfócitos T temos os seguintes subtipos:

-LT auxiliar: ativação das células do sistema imune, através da ação das citocinas.

-LT citotóxico: destruição das células infectadas, através da ação das perforinas e granzimas.

-LT regulatório: regulação do sistema imune após este ser ativado, através da ação de citocinas regulatórias.

 

A Imunidade Natural ativa a Imunidade Adquirida, por meio de ação dos macrófagos. Estes ativam os LT auxiliares, que por sua vez ativam os Linfócitos B a produzirem anticorpos.

 

Referências:Editar

1- ROITT, Ivan M.; BROSTOFF Jonathan; MALE David K. Imunologia. BR, SP, Manole Ltda. 1999

2- MILHAZES, Ana Laura. Anotações da aula da Disciplina de Imunologia. UNIVILLE. 18/03/2013

3- Medipedia. Leucopenias. Em: <http://www.medipediapt/home/home.php?module=artigoEnc&id=164>. Acesso em: 07 abril 2013

Links Externos:Editar

Imunidade Inata

Subtipos de Linfócitos T 

Inflamação e Neutrófilos

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória