Fandom

Wiki AIA 13-17

Classificação Internacional de Doenças (CID)

333 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Editor:  Felipe Starling Jardim

Colaboradores: Augusto Radünz do Amaral,Bruna da Silva Ferreira e Fernanda Cristina Zanotti

O que é e qual seu objetivo?Editar

A CID (Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde), é uma compilação padronizada e catalogada de todas a doenças do planeta, tendo por objetivo estabelecer uma ordem a codificação de doenças. Essa classificação se trata de uma publicação oficial da Organização Mundial de Saúde (OMS) e utiliza de um sistema alfanumérico de uma letra seguida por três números compondo quatro caracteres. A CID permite que programas e sistemas possam referenciar, de forma padronizada, as classificações, auxiliando a busca de informação diagnóstica para finalidades gerais. É importante também para codificar e classificar os dados de mortalidade de atestados de óbito.   Deve-se tomar o cuidado de não confundir a ‘classificação’ com a ‘causas’ de doenças e lembrar que o objetivo da CID não é oferecer um quadro explicativo da relação entre os agravos, mas apenas para listá-las, de forma coerente com as lesões. Atualmente já está em sua décima revisão (CID-10). Sendo essa revisão feita em 1983,quando foi realizada uma Reunião Preparatória sobre a CID-10, em Genebra. E sua tabela possui mais de 12 mil códigos padronizados pela Organização Mundial de Saúde.



São 3 volumes:Editar

Volume I – TABULAR

O Volume I contém a classificação propriamente dita, assim chamada LISTA TABULAR. Esta é formada por categorias, isto é, códigos de três caracteres (uma letra e dois algarismos) e subcategorias (nesse caso, quando a uma categoria é atribuído um outro número, tem-se, portanto, as subdivisões de três caracteres iniciais acrescidos de um ponto e de outro número.

Volume II - MANUAL DE INSTRUÇÃO

É o volume que apresenta as orientações, guias, regras etc para os usuários da CID-10.

Volume III – ALFABÉTICO

É o índice alfabético e está composta das seguintes partes:

Seção I - Índice Alfabético de Doenças e Natureza da Lesão

Seção II - Índice Alfabético de Causas Externas da Lesão

Seção III - Tabela de Drogas e Compostos Químicos

Como Introdução a essas partes, o Volume III contém informações e notas sobre o uso do índice, convenções usadas, abreviaturas etc.


CodificaçãoEditar

É a etapa do sistema de informação que transformará a coleta de dados em compilação como mostra a tabela abaixo vista em aula. Tem por objetivo reduzir o tamanho dos registros, facilitando o arquivamento, a recuperação e a analise das informações. 
004.png
                A CID-10 se organiza da seguinte maneira:CapítulosAgrupamentos de categorias (são conjuntos de)Categorias(que correspondem ao código de uma letra e dois dígitos )Subcategorias (ao código da categoria se junta um ponto e mais um algarismo - .0 a .9 que é o código da CID)Sendo composto por quatro caracteres alfanuméricos, sendo uma letra, três números e mais um delimitador de subcategoria (cruz ou asterisco). Primeiro caractere (capítulos)A CID possui 21 capítulos sendo esses responsáveis por gerar a primeira letra do código. Um capítulo pode ter mais de uma letra, como no caso de causas externas de morbidade e de mortalidade. Ou uma letra pode ter mais de um capítulo, como no caso de doença de olho e anexos e doenças de ouvido e da apófise mastóidea.  Segundo caractereEsse caractere irá designar os agrupamentos, o conjunto de categorias das doenças.Terceiro caractere Correspondem ao código com uma letra e dois dígitos, fechando ainda mais as características da doença.Quarto caractere (subcategoria)É nesse caractere onde a cada código de categoria junta-se um ponto e um algarismo do 0 ao 9. Formando o código completo da doença. Ele pode também não existir (.X) e não ser especificado (._). E normalmente o digito8 significa “outras condições” e o 9 “sem outras especificações – SOE”


003.jpg

Fonte: Gulherme Lima, 2013 (Anotações de Sala)

   






Classificação (Sistema cruz e asterisco) 

† --> Refere-se a doença geral subjacente ou básica – preferida para classificação de causa básica da morte; código primário, para a doença subjacente (causa básica) 

* --> Refere-se à manifestação num órgão ou localização particular onde se torna um “problema clínico por si próprio”; código adicional/secundário/optativo para a manifestação. Para a codificação, o código asterisco nunca deve ser usado sozinho.


001.png

Fonte: Gulherme Lima, 2013 (Anotações de Sala)






002.png

Fonte: Gulherme Lima, 2013 (Anotações de Sala)
















Roteiro de classificaçãoEditar

006.png

Fonte: Gulherme Lima, 2013 (Anotações de Sala)







CuriosidadesEditar

A Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID) possui dos mais diversos códigos abrangendo as mais diversas áreas. Por exemplo, se um astronauta cair em solo brasileiro e for internado. Ele terá um CID próprio para esse tipo de acidente(V95.4).

Questões ResolvidasEditar

1ª QUESTÃO Na Classificação Internacional de Doenças (CID10) alguns códigos são assinalados com cruz (†) e outros com asterisco (*), o que ocorre por exemplo com as codificações ‘Catarata diabética’ e ‘Diabetes mellitus insulino-dependente - com complicações oftálmicas’. Assinale qual dos dois códigos tem preferência para classificação da causa de óbitos:

(X) ‘código cruz’ (__) ‘código asterisco’

2ª QUESTÃO Na Classificação Internacional de Doenças (CID10) o que significa a sigla ‘SOE’ ?

R:  'SEM OUTRA 'ESPECIFICAÇÃO

3ª QUESTÃO Relacione as doenças da coluna da esquerda com os capítulos da CID10, na coluna da direita, onde caberia buscar a sua codificação – use dois algarismos em cada resposta


(10) resfriado

(01) gripe

(09) hemorróidas

(06) epilepsia

(14) menstruação dolorosa (dismenorréia)

01. Algumas doenças infecciosas e parasitárias

02. Neoplasias [tumores]

03. Doenças do sangue e dos órgãos hematopoéticos e alguns transtornos imunitários

04. Doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas

05. Transtornos mentais e comportamentais

06. Doenças do sistema nervoso

07. Doenças do olho e anexos

08. Doenças do ouvido e da apófise mastóide

09. Doenças do aparelho circulatório

10. Doenças do aparelho respiratório

11. Doenças do aparelho digestivo

12. Doenças da pele e do tecido subcutâneo

13. Doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo

14. Doenças do aparelho geniturinário

15. Gravidez, parto e puerpério

16. Algumas afecções originadas no período perinatal

17. Malformações congênitas, deformidades e anomalias cromossômicas.

18. Sintomas, sinais e achados anormais de exames clínicos e de laboratório, não classificados em outra parte.

19. Lesões, envenenamento e algumas outras consequências de causas externas.

20. Causas externas de morbidade e de mortalidade

 ReferênciasEditar

1-http://www.datasus.gov.br/cid10/V2008/cid10.htm

2-http://cid10.bancodesaude.com.br/cid-10/capitulos

3-http://www.who.int/classifications/icd/en/

4-JARDIM, Felipe Starling. Anotações da aula da Disciplina de Epidemiologia Geral. UNIVILLE. 20/05/2013.

5-OMS, Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde, São Paulo: EDUSP, 2003, 10ª edição

Links ExternosEditar

1-http://www.youtube.com/watch?v=bI2SShiFYO4

2-http://www.who.int/classifications/icd/en/

3-http://www.bulas.med.br/cid-10/

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória