Fandom

Wiki AIA 13-17

Eritrócitos e Anemias

333 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentário1 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Editor: Lucas Andrei Muehlbauer

Colaboradores: Tiago Vasconcelos Xavier, Kurt Neulaender Neto, Rafael Koerber, Giórgio Tondello, Carlos Ehrl

Eritrócitos, também conhecido como hemácias. Possui papel de transportar Hemoglobina, a qual por sua vez transporta oxigênio e também atua como tampão ácido-básico do sangue.

Morfologia:Editar

Disco bicôncavos, podem ser deformados ao serem espremidas pelos capilares sanguíneos sem que haja ruptura da membrana plasmática.

Não possuem Núcleo, mitocôndrias, reticulo endoplasmático

Produção de eritrócitos:Editar

Produção de eritrócitos:

Saco vitelínico: primeiras semanas de gestação

Fígado: durante o segundo trimestre passa a ser responsável pela maior parte da produção de eritrócitos

Medula óssea: último mês de gestação e após o nascimento.

Na medula óssea encontra-se um tipo especial de célula, a Célula-tronco hematopoiética pluripotente (PHSC), a qual por sua vez mediada a determinados estímulos dará origem a todas as células do sangue circulante, neste momento daremos ênfase a produção de eritrócitos.

HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de Fisiologia Médica. Elsevier, 12ª edição, RIO DE JANEIRO, 2011..jpg

HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de Fisiologia Médica. Elsevier, 12ª edição, RIO DE JANEIRO, 2011

A PHSC irá diferenciar-se em Célula tronco comprometida, neste momento não é possível a diferenciação morfológica entre estas, entretanto, como o nome é sugestivo a Célula tronco comprometida já está em processamento de diferenciação celular. As células troncos comprometidas que darão origem a eritrócitos são nomeada Unidade formadora de colônias de eritrócitos (CFU-E). Dentre os indutores de crescimento estão IL-3.

Logo após o estágio CFU-E ocorre a sua diferenciação em pro-eritroblasto, eritroblasto basófilo (neste momento a célula ainda acumulou quantidade muito pequena de Hemoglobina, a qual irá aumentar nas gerações seguintes ), Eritroblasto policromatófilo, eritroblasto ortocromático, reticulócito (nesse estágios as células passam da medula óssea para os capilares por diapedese), após 1 a 2 dias o matérias basófilo remnscente no reticulótico desaparece sendo então chamada de eritrócito maduro.

A regulação da quantidade de eritrócitos é regulada de modo que sempre haja o transporte de oxigênio dos pulmões para os tecidos.

HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de Fisiologia Médica. Elsevier, 12ª edição, RIO DE JANEIRO, 2011.jpg

HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de Fisiologia Médica. Elsevier, 12ª edição, RIO DE JANEIRO, 2011


Por exemplo: Em casos em que a disponibilidade de oxigênio encontra-se comprometida, como por exemplo em altas altitudes, o transporte de oxigênio fica comprometido, assim ocorre aumento na produção de eritrócitos para compensar.

EritropoietinaEditar

Glicoproteina produzida em sua maior parte (90%) nos rins, e os 10% no fígado.

É o principal fator de estimulação na produção de eritrócitos.

Aumenta a produção de pro-eritroblastos, assim como acelera as etapas de maturação. Sendo necessário em torno de 5 dias para que ocorra aumento dos eritrócitos maduros.

Vitamina B12 e Ácido Fólico

São essenciais para a síntese de DNA, desse modo suas deficiências podem levar a diminuição da maturação e divisão celular. Além disso os eritrócitos produzidos são maiores que os normais e são denominados Macrócitos, esses por sua vez possuem uma membrana mais frágil, e morfologia irregular. Os macrócitos possuem sobrevida curta de metade a um terço dos eritrócitos normais (120dias).

Molécula de HemoglobinaEditar

Existem variações de molécula de hemoglobina no corpo, por apresentar variações nas suas cadeias (alfa, beta, gama e delta). A principal hemoglobina encontrada no ser humano é a Hemoglobina A, constituída de duas cadeias alfa e duas beta.

Cada cadeia esta ligada a um grupo heme (ferro), existindo 4 átomos de ferro por molécula de hemoglobina, sendo assim, cada molécula de hemoglobina tem a capacidade de transportar 4 moléculas de oxigênio (8 átomos de Oxigênio).

Alta capacidade de combinação, frouxa e reversível com o oxigênio.

FerroEditar

Importante na formação de hemoglobina e outras substâncias.

65% do ferro no corpo encontra-se na forma de hemoglobina, e cerca de 15 a 30% armazenada no principalmente no fígado sob forma de ferritina (apoferritina+ferro).

O ferro é absorvido em TODAS as porções do intestino delgado de acordo com a necessidade do corpo. Sua absorção é feita e imediatamente é ligado a apotransferritina (secratada juntamente com a bile) e então transportado ao plasma. O Ferro deve-se esta na forma ferrosa para que possa transportar oxigênio. Em casos de encontrar-se na forma férrica, leva a formação de metehemoglobina a qual não transporta oxigênio.==Destruição Eritrocitária== Os eritrócitos maduros, como já mencionados, possuem uma vida de aproximadamente 120 dias. Apesar de NÃO apresentarem Núcleo, mitocôndrias e retículo endoplasmático contam com um arsenal enzimático capaz de metabolizar glicose e de formar ATP o qual desempenha papel fundamental na funcionalidade do eritrócito, contudo esse sistema metabólico fica progressivamente menos ativo, tornando o eritrócito mais fraco (principalmente por aumentar a fragilidade da membrana plasmática), e ao passar pela polpa vermelha no baço, a célula rompe-se.

Ao romper-se, a hemoglobina contida nos eritrócito são liberadas e ligeiramente fagocitadas pelo macrófagos (principalmente no baço e medula óssea) e pelas células de kupffer (no fígado). Após algumas horas os macrófagos liberam o ferro para a corrente sanguínea e a porfirina da molécula de hemoglobina é convertida a bilirrubina, a qual será liberada para o sangue e após secretada pelo fígado na bile.

AnemiasEditar

Anemia aplásica: Falta de medula óssea funcionante. Normalmente ocorre em pessoas expostas a grande quantidade de radiação.

Anemia Megaloblástica: Carência de B12, ácido fólico e fator intrínseco da mucosa (este liga-se a B12 para que possa ser absorvida), formando grandes eritrócitos, com aumento no tempo de produção, e membranas frágeis

Anemia Perciosa: Normalmente devido uma atrofia da mucosa gástrica, diminuindo as secreções gástricas (principalmente o fator intrínseco da mucosa)

Anemia hemolítica: Muitas vezes hereditárias. A célula torna-se frágil, rompendo-se com facilidade, principalmente ao passar pelo baço. Os eritrócitos podem possuir uma vida muito curta, podendo causar anemias muitos graves caso esse tempo seja menor que o de produção. Dentre as anemias desse grupo estão:

1-Esferocitose hereditária: eritrócitos pequenos e esféricos, com pouca capacidade de suportar forças de
Cap154 fig1.jpg

http://mmspf.msdonline.com.br/pacientes/manual_merck/secao_14/cap_154.html

compressão

2-Anemia falciforme: Contêm um tipo anormal de hemoglobina (hemoglobina S), a qual sob baixas tensões de oxigênio cristalizam no interior do eritrócitos, e deforma-os.

3- Eritroblastose fetal: Os eritrócitos Rh+ do feto, são atacados por anticorpos anti-Rh provenientes da mãe.

Referências:Editar

CONSTANZO, Linda S. Fisiologia. Guanabara Koogan, 4ª edição, RIO DE JANEIRO, 2008

HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de Fisiologia Médica. Elsevier, 12ª edição, RIO DE JANEIRO, 2011

MUEHLBAUER,Lucas Andrei. Anotações da disciplina de Fisiologia. Univille 2013

Links externos:Editar

    

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória